Archive for the 'Sem categoria' Category

Departamento de Letras Modernas da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo

3 de abril de 2010

A Área Didática de Tradução do Departamento de Letras Modernas da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo, em reunião realizada aos 29 de março de 2010,

Considerando ser a liberdade de expressão, além de um direito, um dos bens mais preciosos da democracia,

Considerando ser a atuação da colega Denise Bottman em defesa dos tradutores e das traduções legítima e necessária, e

Considerando o atual do processo movido pela Editora Landmark por danos morais e materiais causados pelas ações da tradutora e historiadora, e que pede, inter alia, a imediata remoção de seu blog da Internet “Não Gosto de Plágio” (http://naogostodeplagio.blogspot.com/),

Manifesta seu apoio unânime a Denise Bottman em sua luta contra o plágio de traduções, e a consequente desvalorização não apenas da figura do tradutor mas de todo o princípio do direito autoral e da propriedade intelectual.

Ação de Martin Claret contra Denise Bottmann é rejeitada em segunda instância por unanimidade

1 de abril de 2010

Na Folha Online, detalhes sobre o caso. Clique aqui.

Conheça todos os aspectos do plágio em tradução

16 de março de 2010

Em abrangente entrevista de Denise Bottmann ao Portal Literal é possível conhecer todos os aspectos do plágio em tradução. Não deixe de ler.

Lista atualizada do abaixo-assinado a favor de Denise Bottmann

6 de março de 2010

Com os nossos agradecimentos aos que aderiram ao abaixo-assinado. Clique em “Leia o resto deste post”, abaixo, para ver a lista dos que aderiram ao abaixo-assinado a favor de Denise Bottmann, abrigado no site Petition on Line. A relação está em ordem alfabética. Foram excluídos os nomes repetidos e os que estavam sem sobrenome. O número da direita, após o *, é o da adesão. Para ver a íntegra do manifesto, clique aqui. Para aderir, clique aqui.

 Leia o resto deste post »

Conheça os blogues que nos apoiam

5 de março de 2010

Clique em “Leia o resto deste post” para conhecer a lista de alguns dos blogues que apoiam a causa de Denise Bottmann.

Leia o resto deste post »

I support Denise

3 de março de 2010

Two years ago Denise Bottmann, a well-known Brazilian translator, denounced in her blog “Não gosto de plágio” [“I don’t like plagiarism”] the dishonest practice of a number of Brazilian publishing companies of republishing out-of-print translated works with the names of fictitious translators.

It soon became clear that a large number of publishing companies carry out this practice, and that the number of works published in Brazil using the names of fictitious translators is considerable. When her denouncements spread, certain publishing companies began to take legal action against her.
In one of them the judge threw out the suit, but the publishers appealed, and the process has now gone to the Court of Appeals.  Recently Landmark publishing house has brought a lawsuit against Denise over her denouncing the plagiarism of two works: Jane Austen’s Persuasion and Emily Brontë’s Wuthering Heights.

This has all resulted in the mobilization of translators, writers, and the more honest publishing houses, who wish to appeal to public opinion and demonstrate their indignation at the fact that many publishers openly flout the law of authorial rights.

A petition has now been publishedon the site Petition
on Line (http://www.petitiononline.com/Bottmann/petition.html)

Manifesto de apoio a Denise Bottmann

28 de fevereiro de 2010

Causou comoção entre todos os profissionais ligados aos meios editoriais do País a notícia de mais um processo movido contra a tradutora Denise Bottmann, em decorrência de denúncias de plágio de tradução, por ela veiculadas em seu blogue Não Gosto de Plágio.

Diante do número de plágios desmascarados ao longo dos últimos anos por essa incansável profissional, ficou claro que a extensão de tal delito é muito maior do que qualquer um poderia imaginar quando das primeiras descobertas. Desta vez o processo é movido pela Editora Landmark, que apresentou em juízo as seguintes pretensões: vultosa indenização por pretensos danos morais e materiais; publicidade restrita (ou seja, andamento do processo sob sigilo de justiça);  remoção do blogue Não Gosto de Plágio da internet, invocando o “direito de esquecimento”;  antecipação dos efeitos da tutela de mérito (ou seja, determinação da remoção imediata do blog antes do exame do mérito da ação impetrada).

O fato é que, em pouco tempo, o referido blogue se tornou amplamente conhecido e converteu-se num ponto de referência certamente incômodo para os que, até seu advento, não eram molestados no tranquilo afã de copiar traduções esgotadas e lançá-las no mercado com nomes reais ou fictícios, nem de longe assemelhados aos dos verdadeiros tradutores. Assim, considerando a necessidade de que essas denúncias não só tenham prosseguimento, mas também se ampliem e aperfeiçoem, nós, abaixo assinados, nos mobilizamos a favor do desmascaramento de uma prática que:

1. fere a Lei de Direitos Autorais, que considera o tradutor como autor de obra derivada e salvaguarda seus direitos morais e patrimoniais;

2. configura concorrência desleal, pois as editoras de má-fé, não arcando com os custos dos direitos de tradução ou não pagando por uma retradução, põem em desvantagem as editoras que, pautando-se pela idoneidade, assumem tais custos;

3. atenta contra nosso patrimônio cultural, ao disseminar a cópia fraudulenta de obras muitas vezes assinadas originalmente por nomes reconhecidos e estimados de nossa literatura.

Pelos motivos acima, confiando que a justiça realmente será feita, publicamos esta manifestação de apoio aos esforços de Denise Bottmann, conclamando à adesão todas as pessoas interessadas no combate à prática delituosa do plágio e no enriquecimento das interações culturais neste país.

Heloisa Jahn
Jorio Dauster
Ivo Barroso
Ivone C Benedetti

IMPORTANTE: Se você quiser aderir a este manifesto, saiba que temos um abaixo-assinado em:

http://www.petitiononline.com/Bottmann/petition.html

Vá até lá e junte-se a nós!